Deputados de CPI farão visitas a centros de defesa e controle aéreo

Agência Brasil

BRASÍLIA - A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara que investiga a crise no sistema aéreo brasileiro aprovou nesta quinta-feira requerimento que prevê a realização de visitas aos quatro centros integrados de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindactas). O primeiro centro a receber os deputados será o Cindacta 1, em Brasília.

Os integrantes da CPI do Apagão Aéreo aprovaram ainda a convocação do presidente do Sindicato dos Controladores de Vôo, Jorge Botelho, e do integrante da Associação Brasileira de Controladores de Tráfego Aéreo, Welington Rodrigues. Eles devem ser ouvidos depois dos investigadores do acidente com o Boeing da vôo, que também estão com a convocação para depor aprovada pela CPI.