Deputada chora ao se sentir ofendida por Clodovil

Portal Terra

BRASÍLIA - A deputada Cida Diogo (PT-RJ) chorou nesta quarta-feira na Câmara durante debate do Dia Nacional do Frei Galvão. Ela teria sido agredida verbalmente pelo deputado Clodovil Hernandes (PTC-SP). O parlamentar teria chamado a deputada de prostituta. O debate precisou ser interrompido.

Muito emocionada, a deputada, foi encaminhada para o departamento médico. Clodoviu nega a agressão.

- Como eu posso contar para você o que aconteceu se eu não sei o que eu fiz? - respondeu para os jornalistas.

- Não falei isso (chamar a parlamentar de prostituta), de jeito nenhum. Ela apenas não entende outra linguagem que não seja a dela - completou.

- Ela está chorando muito e disse ter sido fortemente agredida verbalmente - disse a deputada Vanessa Graziottin (PCdoB-AM). - Não sei dizer o que ele falou, mas pelo jeito foi uma coisa muito forte.

A mesma deputada já protagonizou outra discussão com Clodovil. No começo do mês, eles bateram boca na tribuna e depois disso, com a frente das mulheres parlamentares, Cida abriu uma representação contra o deputado.

A discussão na época começou após a afirmação de Clodovil contra mulheres, ao dizer, durante visita a Ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, que as mulheres estavam ficando vulgares.

O presidente em exercício da Casa, Inocêncio de Oliveira acatou o pedido de representação da deputada e ele pode ser enviado a Corregedoria da Casa.