São Paulo: Congonhas reabre emestado de atenção

Portal Terra

SÃO PAULO - A forte chuva que atinge São Paulo no fim da tarde desta quinta-feira deixou toda a cidade em estado de atenção. Apesar do temporal, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) informa que há apenas um ponto de alagamento, na praça d. Francisco de Souza, em Santo Amaro. A tempestade obrigou a Infraero a fechar o aeroporto de Congonhas das 16h40 às 17h22. Às 18h30, dez vôos estavam atrasados.

Decisão da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) determina que a pista principal do aeroporto seja fechada sempre que houver mais de 3 mm de água para evitar o risco de derrapagem de aeronaves.

A chuva afetou diretamente o trânsito na capital paulista. A Companhia de Engenharia de Tráfego registra 141 km, contra média de 102 km, às 18h. A Marginal Pinheiros tem o ponto de maior lentidão da cidade com 15,3 km, sentido Interlagos, entre as pontes Transamérica e Jaguaré.

A Marginal Tietê tem 7,6 km de lentidão, no sentido Ayrton Senna, entre a rua Azurita e a ponte da Freguesia do Ó.