PF se prepara para desmembrar quadrilhas

Agência JB

SÃO PAULO - A Polícia Federal iniciou nesta quinta-feira a Operação Oeste, que tem como objetivo prender uma quadrilha de seqüestradores que age em todo o país.

Em nota, a PF informa que foram presos dois policiais federais, um acusado de envolvimento com a venda de informações de investigações sigilosas e outro acusado de envolvimento em atos de corrupção praticados na fiscalização das empresas de vigilância privada.

Foram expedidos 42 mandados de prisão e 48 mandados de busca nas cidades de São Paulo, Marília, Campinas, Assis, Paraguaçu Paulista, Ribeirão Preto, Álvares Machado, Presidente Prudente, Penápolis e Presidente Bernardes, todas no estado de São Paulo, além de Goiânia , Londrina e Uberlândia .

Segundo a nota, muitos dos seqüestradores fazem parte da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) e há na quadrilha dois policiais federais, além dos outros dois já presos, dois civis, um policial rodoviário federal e dois advogados.