Berzoini diz que PT ainda vai discutir composição do governo

Agência Brasil

BRASÍLIA - O presidente do PT, Ricardo Berzoini, informou há pouco que o partido ainda quer discutir a composição de governo com o presidente Lula, 'mas isso deve ser feito reconhecendo que nós temos de trabalhar em cooperação'.

Após participar de jantar promovido pela bancada do PT na Câmara, na residência oficial do presidente da Casa, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), com a presença do presidente Lula, de ministros de Estado e da senadora Ideli Salvatti (PT-SC), Berzoini avaliou como positivo o encontro:

- O presidente, como sempre, reforçou a relação dele com a bancada do PT e com a própria história do partido. Sobre a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que na noite de terça-feira considerou improcedente a ação do PSDB e do DEM (ex-PFL) contra a reeleição de Luiz Inácio Lula da Silva, Berzoini disse que 'o tribunal, que é a parte competente, examinou os autos, examinou todas as informações - nós vamos acatar essa decisão'.

O líder do PT na Câmara, deputado Luiz Sérgio (RJ), afirmou que na composição do governo, cabe a ele 'levar a bancada a ter um processo de unidade para dar sustentação ao governo no Congresso'. E ressalvou que essa questão está sendo conduzida apenas pelos presidentes do partido e da República.

Indagado sobre a possibilidade de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Apagão Aéreo, o líder informou que se o Supremo Tribunal Federal decidir favoravelmente, 'nós iremos à CPI'. O jantar foi patrocinado por cada um dos participantes, que contribuíram com R$ 70. Dos 78 deputados convidados, 70 compareceram.