Funcionários do MEC voltam ao trabalho após suspeita de bomba

Agência Brasil

BRASÍLIA - Não foi encontrado nenhum artefato explosivo no prédio anexo ao Ministério da Educação, em que havia suspeita de bomba. O edifício havia sido evacuado há cerca de meia hora depois de uma funcionária do MEC ligar avisando que havia recebido, por telefone, uma ameaça de bomba, segundo o Corpo de Bombeiros. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar do Distrito Federal não encontrou nenhuma bomba. Os 3.500 funcionários deixaram o edifício, mas já voltaram ao trabalho.