Governo tenta articular CPI Mista do Apagão Aéreo

Portal Terra

RIO - Com a certeza de que a instalação de pelo menos uma CPI do Apagão Aéreo é inevitável, o governo começou nesta quinta-feira a articular meios de criar apenas uma comissão mista. Durante a reunião do conselho político nesta manhã no Palácio do Planalto, a líder do Congresso, senadora Roseana Sarney (PMDB-MA), questionou o presidente do PMDB, Michel Temer (SP) se haveria espaço jurídico para a criação de apenas uma comissão mista.

Temer ficou de estudar o assunto. A informação foi dada pelo líder do governo na Câmara, José Múcio (PTB-PE), que também participou do encontro.

- No final da reunião, a Rosena perguntou para o Temer, que tem conhecimentos jurídicos, se tendo de fato duas CPIs (na Câmara e no Senado), teria espaço jurídico para ter apenas uma - explicou Múcio.

O líder fez questão de dizer, no entanto, que o assunto não foi levantado na presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele afirmou também que o governo ainda não trabalha na indicação dos nomes que irão compor a CPI no Senado.

O requerimento de instalação da CPI do Apagão foi protocolado ontem na mesa diretora do Senado. Já a Câmara aguarda a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que deve acontecer na próxima quarta-feira, dia 25.