Movimento pede aprovação da pensão especial a portadores de hanseníase

Agência Brasil

BRASÍLIA - O Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas Pela Hanseníase (Morhan) convocou participantes dos seus núcleos e moradores de antigas colônias para um ato público, às 10 horas, em Brasília. É para pedir a aprovação do projeto de lei que estabelece a concessão de pensão especial aos pacientes que, por terem a doença, foram submetidos a isolamento e a internação compulsória.

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou o projeto, em 6 de março, por unanimidade. A matéria também obteve apoio das Comissões de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e de Assuntos Sociais (CAS), nesta última em caráter terminativo. O projeto agora será votado nas comissões da Câmara dos Deputados e deve beneficiar cerca de 3 mil pessoas que vivem nessa situação no Brasil.