Medida de revitalização do rio São Francisco é criticada por ministro

Agência JB

BRASÍLIA - Segundo Geddel Vieira Lima, ministro da Integração Nacional, o argumento de que é preciso primeiro fazer um grande projeto de revitalização do Rio São Francisco para depois tratar da transposição das águas é falacioso .

A revitalização deve ser feita antes, durante e depois [da transposição] . Geddel fez afirmação ao participar de audiência pública na Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento regional da Câmara. Segundo ele, já existem várias iniciativas pela revitalização estão em andamento.

Para o ministro, os debates sobre o tema estão sendo conduzidos de forma apaixonada e as discussões são feitas na linha do não conheço, não gostei e não aprovo .

Não posso concordar com a tese de que tirar 26 metros cúbicos por segundo de água vai matar o Rio São Francisco. Isso inexiste

O ministro disse ainda que a prioridade do projeto deve ser o fornecimento de água para o consumo humano. A estimativa, segundo ele, é que em meados do segundo semestre deste ano as obras tenham início.