Operação Kaspar, da PF, prende 22 acusados por lavagem de dinheiro

Agência Brasil

SÃO PAULO - A Polícia Federal prendeu nesta terça feira 22 pessoas na região metropolitana de São Paulo acusadas de cometer crimes fiscais, financeiros e de lavagem de dinheiro. A ação faz parte da Operação Kaspar, que também está sendo realizada no Rio de Janeiro, Bahia e Amazonas.

Todos os detidos foram encaminhados para a Superintendência da PF de São Paulo. A polícia também está cumprindo 52 mandados de busca e apreensão em imóveis comerciais e residenciais localizados, em sua maioria, na região metropolitana de São Paulo, para apreender provas.

As investigações, que tiveram início em setembro de 2006, têm como objetivo identificar líderes e integrantes de cinco grupos de doleiros (pessoas que atuam no mercado de moedas estrangeiras sem possuir autorização do Banco Central) que agem sistematicamente no mercado negro de câmbio para promover a evasão de divisas do país.