Programa Cultura e Pensamento vai incluir outras mídias em 3ª edição

Agência Brasil

BRASÍLIA - Incentivar a discussão crítica sobre temas relevantes para a cultura do país é um dos objetivos centrais da 3ª edição do programa Cultura e Pensamento, do Ministério da Cultura. O edital do programa foi lançado nesta segunda-feira em Salvador (BA). O projeto é financiado pela Petrobras e deve receber R$ 1 milhão para ser realizado no prazo de um ano.

A Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão (Fapex) coordena os trabalhos e vai seleçionar 15 projetos no país a serem realizados. Também deve publicar e distribuir todos os dados desenvolvidos ao longo do programa.

- Quando o ministério formulou esse programa, buscava novas formas de envolvimento entre produtores culturais e intelectuais no processo de produção da cultura. A idéia é o envolvimento de públicos que geralmente estão fora desse circuito de discussões. Incentivamos a inscrição de grupos de todos os estados brasileiros - afirmou o presidente da Fapex, Osvaldo Barreto.

Segundo ele, a expectativa para 2007 é que o programa gere uma ampla rede de discussão. Ele explica que o programa será dividido em três editais temáticos: biopolítica e tecnologia; populações e territórios; e alternativas para dinâmicas culturais.

Os assuntos também serão abordados em mesas de debates, publicações impressas e em mídias eletrôniacs (fóruns, portais e blogs). Segundo como Barreto, cada publicação receberá R$ 30 mil de incetivo.

Os 15 projetos devem se encaixar nesses temas. Os interessados podem se inscrever diretamente na página do Ministério da Cultura. Barreto destaca que a criação de uma rede entre universidades, entidades e produtores culturais é um dos grandes legados desse programa. Por isso, acrescenta, existiria um processo efetivo de democratização, que seria possível graças a ampliação do acesso, a partir de novas formas de veiculação.

Para participar, os grupos interessados devem pertencer a uma instituição pública ou privada, como uma organização não-governamental, ou a uma universidade, ou uma empresa que trate de questões culturais, por exemplo. A inscrição é feita pela internet até junho, pelo endereço: www.cultura.gov.br/pensamentoecultura.