Aqueles R$ 89 mil da conta da Michele 'eram para mim': Bolsonaro leva Queiroz para os assuntos mais comentados

Para Bolsonaro, Fabrício Queiroz, apontado como operador de um esquema de rachadinhas, pagava suas contas e está sendo 'injustiçado'. Obviamente, as declarações do presidente estão incendiando a internet

Foto: Reprodução
Credit...Foto: Reprodução

Em entrevista ao "Brasil Urgente", da TV Bandeirantes, o presidente Jair Bolsonaro comentou o "massacre" ao seu filho Flávio Bolsonaro e a "injustiça" a Fabrício Queiroz, seu ex-assessor em meio ao esquema de rachadinhas, chegando a reforçar que os cheques "do Queiroz" depositados na conta da primeira-dama  Michele eram para ele.

"Vamos apurar? Vamos. Mas cada um com a sua devida estatura. E não massacrar o tempo todo como massacram a minha esposa, como eu falei desde o começo, que aqueles cheques do Queiroz, ao longo de dez anos, foram para mim. Não foram para ela. Divide aí, Datena, R$ 89 mil por dez anos. Dá em torno de R$ 750 por mês. Isso é propina? Pelo amor de Deus." 

Datena,  com postura de assessor de imprensa do presidente, não contrapôs.

Confira trecho da entrevista por telefone de Bolsonaro ao apresentador José Luiz Datena.

A defesa de Bolsonaro em relação a Queiroz está propagando no Twitter, chegando a posicionar o ex-assessor do seu filho Flávio no topo dos assuntos mais comentados nesta quarta-feira (16), com mais de 10 mil tweets.

Quem pagava conta de Bolsonaro?

Semelhanças.

Semelhanças: Collor caiu por receber um Fiat Elba do caixa ilegal de PC Farias. Bolsonaro, agora, confessa ter contas pagas por Queiroz, controlador do dinheiro da rachadinha (peculato).

— Eumano Silva (@eumanosilva) December 16, 2020

Brasil é "rigoroso" com Lula e "maleável" com Jair.

Quem disse que não haveria memes?

Explicando em libras.

Bolsonaro admitiu.

 (com agência Sputnik Brasil)