Jornal do Brasil

País - Eleições 2018

China felicita Jair Bolsonaro por sua vitória

Jornal do Brasil

O governo de Pequim felicitou nesta segunda-feira Jair Bolsonaro - capitão da reserva do Exército que já acusou a China de "comprar o Brasil" - por sua vitória na eleição presidencial.

O governo chinês parabeniza Bolsonaro e vai continuar a "aprofundar a cooperação mutuamente benéfica e a promover o desenvolvimento comum de ambos os países para beneficiar os dois povos", disse o porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Lu Kang, em coletiva de imprensa.

Embora Bolsonaro tenha prometido implementar reformas de livre mercado no país, o presidente eleito disse que sua promessa de privatização não se estenderia às atividades centrais da Petrobras e da Eletrobras, destacando a China como uma preocupação.

"A China não está comprando no Brasil, a China está comprando o Brasil", afirmou Bolsonaro no início do mês.

Em fevereiro, Bolsonaro visitou Taiwan, em uma quebra da convenção com a política de Pequim de uma só China, que considera a ilha autônoma como uma província renegada.

Apesar disso, Lu destacou que a China está "disposta a continuar trabalhando com o Brasil" para estimular a parceria estratégica entre os dois países.

A China é a maior parceira comercial do Brasil desde 2009. O comércio bilateral alcançou US$ 74,8 bilhões no ano passado, de acordo com dados do Banco Central brasileiro.

 

ewx/lth/amu/fp/mr



Recomendadas para você