TRE-MG: urnas funcionam com baterias por causa de chuvas ontem

Urnas eletrônicas de zonas eleitorais de Minas Gerais tiveram que funcionar hoje, ao menos na parte da manhã, com baterias, por conta das fortes chuvas que atingiram o Estado ontem, e que acabaram deixando cidades sem energia elétrica, segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Até o momento, no entanto, não há impacto no fluxo de eleitores, conforme a Justiça Eleitoral.

"Em esforço concentrado com a Companhia Energética do Estado de Minas Gerais (Cemig) foram identificados os municípios sem energia para o restabelecimento tão logo possível. Além da bateria interna, é possível continuar a votação, em locais em que há dificuldade para restabelecimento, por meio de bateria externa, que está sendo providenciada pelo Tribunal nos locais em que essas não estão disponíveis", afirma o TRE.

Para Conceição do Mato Dentro, na Região Central de Minas, ainda segundo informações do TRE, baterias foram enviadas por helicóptero da Polícia Militar.

Conforme a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), o Estado "foi atingido na tarde e noite desse sábado (27/10), em várias regiões, por fortes chuvas, acompanhadas de ventos com velocidade entre 80 e 90 km/h, provocando a interrupção no fornecimento de energia para 600 mil clientes". As regiões mais afetadas pela queda no fornecimento de energia, segundo a empresa, foram a Grande Belo Horizonte, Vale do Aço e Vale do Rio Doce.