Jornal do Brasil

País - Eleições 2018

Coligações são autorizadas para acessar quaisquer salas do TSE no domingo

Jornal do Brasil

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, autorizou as coligações de Fernando Haddad (PT/PC do B/PROS) e de Jair Bolsonaro (PSL/ PRTB) a acessarem quaisquer salas e espaços físicos do tribunal no próximo domingo, 28, quando será realizado o segundo turno.

A presidente do TSE também convidou os 35 partidos políticos registrados no TSE para acompanhar no edifício-sede do tribunal a totalização dos votos.

Conforme informou a Coluna do Estadão, a própria segurança no edifício-sede do TSE será reforçada no domingo, em um esquema ainda maior que o ocorrido no primeiro turno. Alvo de ataques por e-mail e em vídeos que circulam na internet, a presidente do TSE, ministra Rosa Weber, tem circulado escoltada por agentes de segurança.

A coligação de Bolsonaro (intitulada "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos") pediu ao TSE que pudesse indicar até cinco representantes para acompanhar a totalização de votos, o que foi prontamente atendido por Rosa Weber. A coligação de Haddad poderá indicar a mesma quantidade de pessoas.

No primeiro turno, a coligação de Bolsonaro não indicou nenhum representante para acompanhar a totalização de votos no TSE, de acordo com a assessoria do tribunal.

 



Recomendadas para você