Jornal do Brasil

País - Eleições 2018

PT é o principal assunto do segundo bloco do debate entre França e Doria

Jornal do Brasil

A proximidade ou não com o PT foi o principal assunto do segundo bloco do debate entre candidatos ao governo de São Paulo, promovido pela Band. João Doria (PSDB), que manteve a proposta de colar sua imagem a de Jair Bolsonaro (PSL), levantou todos os partidos da esquerda que apoiam o atual governador, incluindo o PT.

Marcio França (PSB), por sua vez, questionou a insistência do adversário. "Não sei porque insiste tanto nessa historia do PT. Você também poderia explicar porque pegou R$ 6 milhões do PT para colocar nas suas empresas", rebateu.

O pessebista manteve também a linha de criticar Doria por ter traído Alckmin e lembrou que o ex-prefeito também tem "amigos" suspeitos. Da lista, tirou nomes como Aécio Neves (PSDB) e o empresário Eike Batista. "Cadê seus amigos, Doria?"

França acusou ainda Doria de incorporar uma rua pública em Campos do Jordão e lembrou que o tucano gravou vários vídeos elogiando-o por seu apoio durante a eleição para a Prefeitura de São Paulo. Em resposta, o tucano disse apenas que "comprou" a via, que "se enganou" com França e que, ao contrário do que ele repete, sempre foi contra o PT. "É por isso que eu apoio Jair Bolsonaro", emendou, seguindo a estratégia de colar sua imagem ao do presidenciável do PSL.

O clima entre os dois candidatos não melhorou no segundo bloco e levou o apresentador, em determinado momento, a ameaçar a expulsar membros da plateia, que interrompiam as falas.

 



Recomendadas para você