Senador Gladison Cameli é eleito governador do Acre no primeiro turno

O candidato Gladson Cameli (PP) venceu a disputa para o governo do Acre, com 53,59% dos votos válidos. Marcus Alexandre (PT) ficou em segundo lugar, com 34,68% dos votos válidos.

Até agora foram apurados 94,39% das urnas. Os votos brancos somam 1,63% e os nulos, 4,3%. A abstenção está em 19,07%.

Gladson Cameli tem 44 anos, nasceu em Cruzeiro do Sul (Acre) e é engenheiro civil e empresário. Ele foi eleito deputado federal em 2006 e 2010 e senador em 2014, sempre pelo Acre. Cameli foi filiado ao PFL entre 2000 e 2003 e ao PPS entre 2003 e 2005, antes de entrar para o PP - partido em que permanece  de 2005 até hoje.

Em seus dois mandatos como deputado, Cameli apresentou projetos como a obrigatoriedade da da instalação de câmeras de segurança nas escolas públicas e foi relator do projeto da Zona de Processamento de Exportação. Ele também foi presidente da Comissão da Amazônia, integrou a Comissão de Constituição e Justiça, uma das mais importantes do Casa.

No Senado, Cameli é titular das Comissões de Infraestrutura (CI), Desenvolvimento Regional (CDR), Educação, Cultura e Esporte (CE), entre outras