Jornal do Brasil

País - Eleições 2018

Bispos do Brasil fazem hoje debate de presidenciáveis

Confronto reunirá principais candidatos, à exceção de Bolsonaro

Jornal do Brasil

A Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) promove nesta quinta-feira (20) um debate entre os principais candidatos à Presidência da República.

O confronto acontecerá às 21h30 (horário de Brasília) e será transmitido pelas emissoras católicas de rádio e TV e pela internet. Participarão, por ordem alfabética, Alvaro Dias (Podemos), Ciro Gomes (PDT), Fernando Haddad (PT), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (Psol), Henrique Meirelles (MDB) e Marina Silva (Rede).

Jair Bolsonaro (PSL) não estará presente porque segue internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. O vice em sua chapa, general Hamilton Mourão, chegou a ensaiar uma tentativa de substituí-lo nos debates, mas o próprio Bolsonaro teria vetado a ideia.

Esse também será o primeiro debate presidencial com Haddad, que substituiu Lula na cabeça de chapa do PT há cerca de 10 dias. A legislação eleitoral exige a participação de candidatos de partidos com pelo menos cinco representantes no Congresso Nacional.

O debate terá cinco blocos, sendo dois deles de perguntas diretas entre os postulantes, um com questões de jornalistas, outro com perguntas do arcebispo de São Paulo, cardeal Odilo Scherer, e um com questões sobre temas ligados à Igreja.

Segundo a última pesquisa do Ibope, Bolsonaro lidera entre os eleitores católicos, com 25%, tecnicamente empatado com Haddad, que tem 21%. Em seguida aparecem Ciro (13%), Alckmin (8%) e Marina (5%).

Dias, João Amoêdo (Novo) e Meirelles têm 2% cada um, à frente de Vera Lúcia (PSTU), com 1%. Boulos, Cabo Daciolo (Patriota), João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram.



Recomendadas para você