Jornal do Brasil

País - Eleições 2018

Jair Bolsonaro "apresenta nítida melhora clínica", diz boletim médico

Jornal do Brasil

Jair Bolsonaro, candidato à Presidência da República pelo PSL, "apresenta nítida melhora clínica", diz novo boletim médico divulgado na manhã deste domingo (9). O capitão da reserva está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. 

Segundo o comunicado, "não há sinais de infecção". O informe também aponta que "o quadro abdominal apresentou melhora nas últimas 24 horas". Jair Bolsonaro deve passar mais tempo fora do leito e fazer mais caminhadas acompanhadas por enfermeiras e fisioterapeutas. O candidato "mantém jejum oral, recebendo nutrientes por via endovenosa.

Fazem parte da equipe médica do candidato o cirurgião Antônio Luiz Macedo, o clínico e cardiologista Leandro Echenique e o diretor-superintendente do hospital, Miguel Cendoroglo.

Em boletim médico divulgado no início da noite de sábado (8), divulgou que o presidenciável não apresentava sinais de infecção e já havia se movimentado. Bolsonaro, à tarde, passou cerca de 30 minutos sentado em uma poltrona na UTI. Ele também caminhou, por 5 minutos, com a ajuda de um fisioterapeuta e uma enfermeira e acompanhado por um médico.

Macaque in the trees
Foto divulgada por Flavio Bolsonaro nas redes sociais; presidenciável aparece sentado fazendo gesto de arma (Foto: Twitter/ Reprodução)

O boletim informou também que o tempo de fisioterapia do candidato será aumentado gradativamente nos próximos dias conforme “a tolerância do paciente às atividades”. O objetivo dessas atividades, diz ainda o documento médico, é reduzir os riscos de trombose, complicações pulmonares e acelerar a recuperação do funcionamento do intestino.

Transferência

Bolsonaro saiu da Santa Casa de Juiz de Fora (MG), onde estava internado, após ser esfaqueado durante campanha na cidade na quinta-feira (6), na manhã de sexta-feira (7), em um avião que pousou no Aeroporto de Congonhas. De helicóptero da Polícia Militar, ele seguiu até o Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. De lá, o candidato foi colocado em uma ambulância com destino ao Hospital Albert Einstein, no Morumbi. Bolsonaro foi transferido para São Paulo a pedido da família.

O candidato deu entrada no hospital da capital paulista por volta das 10h45, quando iniciou uma série de exames que durou cerca de 3 horas, segundo a assessoria do hospital. Na ocasião, seu estado de saúde era considerado grave, mas estável.

>> 'Pessoas de bem' aprendem a atirar e apoiam Bolsonaro por medo da violência
>> PF continua investigando se há mais envolvidos em ataque a Bolsonaro



Recomendadas para você