Jornal do Brasil

País - Eleições 2018

Esfaqueador de Bolsonaro agiu por 'motivação política', diz PF

Jornal do Brasil

O esfaqueador do candidato Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência agiu por 'motivação política', segundo as primeiras investigações. Adélio Bispo, 40 anos, foi indiciado pela Polícia Federal com base na Lei de Segurança Nacional (Lei 7.170/1983).

Bispo foi preso em flagrante nesta quinta, 6, após atingir Bolsonaro com uma facada no abdome, no centro de Juiz de Fora (MG). O candidato foi operado na Santa Casa da cidade mineira. Na manhã desta sexta, 7, Bolsonaro foi transferido para São Paulo. Ele está internado no Hospital Albert Einstein.

{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.jb.com.br/_midias/jpg/2018/09/07/97x70/1_000_18w9j4-19172.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5b9295ed790d7', 'cd_midia':19182, 'ds_midia_link': 'http://www.jb.com.br/_midias/jpg/2018/09/07/627x321/1_000_18w9j4-19172.jpg', 'ds_midia': 'Bolsonaro após ser esfaqueado em Juiz de Fora, Minas Gerais
', 'ds_midia_credi': 'AFP PHOTO /RAYSA LEITE;  MIGUEL SCHINCARIOL', 'ds_midia_titlo': 'Bolsonaro após ser esfaqueado em Juiz de Fora, Minas Gerais
', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '627', 'cd_midia_h': '320', 'align': 'Left'}

A investigação indica que o ataque a Bolsonaro não teve um mandante. O agressor confessou o crime e disse ter agido sozinho. Um segundo suspeito foi detido e acabou liberado já na madrugada desta sexta, 7. Ele não teria ligação com o atentado ao candidato, mas foi detido por suposta 'incitação à violência'.

A Lei 7.170, na qual Bispo foi enquadrado, define os crimes contra a segurança nacional, a ordem política e social.

O artigo 20 é expresso ao definir pena de reclusão de três a 10 anos para quem 'praticar atentado pessoal por inconformismo político'. "Se do fato resulta lesão corporal grave, a pena aumenta-se até o dobro; se resulta morte, aumenta-se até o triplo".

 



Recomendadas para você