Jornal do Brasil

País - Ecologia

Climatempo: chuva à vista para o Mato Grosso do Sul

Jornal do Brasil

Macaque in the trees
A fauna do Pantanal vem sofrendo muito com os incessantes incêndios (Foto: Marcos Tristão)

O estado de Mato Grosso do Sul sente os efeitos do calor extremo e da falta de chuva há vários meses, como ocorre por quase todo o Centro-Oeste. Foi decretado "estado de emergência" por causa da enorme quantidade de incêndios espalhados por todas as regiões do estado.

Com o solo, o ar e a vegetação muito secos, o descuido humano e o aumento das queimadas nesta época que antecede o plantio da safra de verão, os incêndios se alastram e saem fora de controle facilmente.

Pelo monitoramento de queimadas do INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - o estado de Mato Grosso do Sul tinha mais de 7600 focos de fogo no ano de 2020, até 14 de setembro e já era o segundo maior desde 2008.

O parque estadual das Nascentes do Rio Taquari, na região de Costa Rica, é a mais recente reserva florestal que está em chamas no Centro-Oeste do Brasil.

Andressa Biata, pecuarista na região, informou ao Climatempo que "o cheiro da fumaça na fazenda, o calor e o ar seco estão cada vez piores, difícil de respirar. O fogo já entrou em fazendas, currais, plantações, sede, máquinas. Estamos literalmente cercados pelo fogo e o maior deles tomou o Parque Estadual das Nascentes do Rio Taquari, que fica entre os municípios de Alcinópolis e Costa Rica, ao norte de Mato Grosso do Sul".

Um pouco de chuva para o MS

A boa notícia é que há expectativa de um pouco de chuva para o fim desta semana no Mato Grosso do Sul. Isto não significa que esta chuva vai conseguir apagar os incêndios florestais de todas as regiões, mas deve reduzir a fumaça e o calorão em alguns locais. Na quinta- (17), alguns locais na fronteira com o Paraguai podem ter pancadas de chuva. 

Mas será no sábado (19) que áreas de instabilidade deverão se desenvolver em diversas área do Mato Grosso do Sul, provocando pancadas de chuva em várias regiões do estado. Porém, a região com menor chance de chuva é justamente o norte de Mato Grosso do Sul. A possibilidade de chuva no Parque Estadual das Nascente do Rio Taquari não é muito grande, mas há expectativa de mais áreas de chuva na próxima semana.

A primavera começa oficialmente no dia 22 de setembro, às 10h31, pelo horário de Brasília.