Mais auditores entregam cargos na Receita e renúncias chegam a 635 funcionários

Decisão ocorre em meio à entrega coletiva de cargos de membros da Receita Federal em protesto ao governo federal

Reprodução
Credit...Reprodução

A Receita Federal sofreu uma nova debandada nesta quinta-feira (23). O sindicato da categoria informou que ao menos 44 conselheiros da Receita que atuam perante ao Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) renunciaram aos seus mandatos.

A decisão dos conselheiros ocorre em meio à entrega coletiva de cargos de membros da Receita Federal em protesto ao governo federal. Segundo o Sindifisco, no total, 635 chefes de unidades da Receita Federal entregaram seus cargos em protesto ao governo.

Eles criticam o orçamento aprovado pelo Congresso Nacional, que prevê cortes de verbas destinadas para a Receita Federal e reajuste salarial somente para policiais federais.

As renúncias se devem ao "descaso do governo federal" com os auditores da Receita Federal. Eles ainda cobram "questões remuneratórias" e demora na regulamentação do chamado "bônus de eficiência", uma gratificação.

O Carf é responsável por analisar recursos, em segunda e última instância administrativa, de autuações tributárias impostas pela Receita Federal. Em dezembro, o órgão tinha em seu estoque mais de R$ 940 bilhões de créditos tributários a serem julgados. (com agência Sputnik Brasil)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais