'Grave risco de morrer': Roberto Jefferson é internado e pede licença da presidência do PTB

Após febre alta e taquicardia, presidente do PTB foi atendido no presídio. Em carta divulgada por aliados do ex-deputado, Roberto Jefferson defende vice para ocupar cargo

Foto: Folhapress / Mateus Bonomi
Credit...Foto: Folhapress / Mateus Bonomi

O ex-deputado federal Roberto Jefferson foi internado com febre, pressão baixa, acúmulo de líquido nas pernas e dor no fígado em uma unidade do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, Rio de Janeiro, onde está preso, nesse domingo (24).

A defesa do presidente do PTB pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a transferência de Roberto Jefferson para um hospital particular na Barra da Tijuca alegando "grave risco" de vida.

No Twitter, a filha do presidente do PTB, a ex-deputada Christiane Brasil, comentou a piora no estado de saúde do pai.

 

 

Licença da presidência

Roberto Jefferson pediu licença por prazo indeterminado da presidência do PTB, enquanto durar a prisão preventiva. Jefferson apoia a vice, Graciela Nienov, para assumir o cargo.

O pedido foi realizado neste domingo (24) e divulgado por aliados. No documento, Jefferson alega que há conspiração de minorias e cita estados como Alagoas e Mato Grosso.

Jefferson voltou para a prisão em 14 de outubro por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do STF, depois que o político recebeu alta hospitalar. Ele estava internado desde o início de setembro com um quadro de infecção urinária e foi submetido também a um cateterismo para desobstrução de uma artéria.

Roberto Jefferson está preso por acusações de integrar uma suposta organização criminosa digital que incita atos violentos e contra a democracia. (com agência Sputnik Brasil)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais