Araraquara, no interior de SP, decreta 'lockdown total', proíbe carros e fecha até supermercados

Prefeitura publicou um decreto na noite dessa sexta-feira (19) determinando lockdown total na cidade durante 60 horas

Foto: Folhapress / Denny Cesare
Credit...Foto: Folhapress / Denny Cesare

O município já estava em confinamento desde o dia 15 de fevereiro para conter a propagação do novo coronavírus. Agora, o prefeito Edinho Silva (PT-SP) endureceu ainda mais as restrições.

De acordo com a medida, ficam fechados bancos, indústrias, supermercados, postos de combustíveis, serviços públicos não essenciais e todo o comércio. O lockdown se iniciará a partir das 12h de domingo (21) e ficará em vigor até 23h59 de terça-feira (23). Quem for pego e não apresentar provas da necessidade de sair de casa será multado em até R$ 6 mil.

Só estarão autorizados a abrir farmácias e estabelecimentos de saúde. Postos de combustíveis têm permissão para abastecer somente veículos dos serviços públicos municipais, estaduais e federais.

"Estamos falando de um momento em que famílias estão chorando a morte de seus entes. Só nós podemos juntos tirar Araraquara dessa situação", disse Silva, em vídeo postado nas redes sociais.
Pelo quinto dia consecutivo, Araraquara registrou 100% de ocupação de leitos e pacientes já foram transferidos para outras cidades. O município registrou mais cinco mortes por covid-19 só nesta sexta-feira (19). (com agência Sputnik Brasil)