Rio de Janeiro dá início à vacinação contra a COVID-19

.

Foto: Folhapress / Claudia Martini
Credit...Foto: Folhapress / Claudia Martini

Em cerimônia com aglomeração de pessoas aos pés do Cristo Redentor, duas mulheres foram vacinadas contra a covid-19 nesta segunda-feira (18), no Rio de Janeiro. Na presença do governador do estado, Cláudio Castro (PSC), e do prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes (DEM), a idosa Teresinha da Conceição, de 80 anos, e a técnica de enfermagem Dulcineia da Silva, de 59 anos, receberam as duas primeiras aplicações da CoronaVac no Rio de Janeiro.

A aplicação das primeiras doses da vacina estava marcada para as 17h, mas só ocorreu por volta das 18h20. Isso porque o envio das doses, previsto para o início da tarde, atrasou quatro horas.

O Rio de Janeiro é o segundo estado com o maior índice de mortes por milhão de habitantes no Brasil. Segundo os dados do Ministério da Saúde, o estado acumula 482.058 casos de covid-19 e 27.791 mortes causadas pela doença.

No primeiro momento da campanha de imunização no estado, a prioridade será de profissionais de saúde, deficientes e idosos em asilos ou abrigos, além de indígenas e quilombolas. Segundo o plano de distribuição do Ministério da Saúde, o Rio de Janeiro receberá 487.520 doses da CoronaVac, dentre as seis milhões de doses liberadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no domingo (17).

Além do Rio de Janeiro, a vacinação já começou em São Paulo, Goiás, Santa Catarina e Piauí. Além desses estados, outras cinco unidades federativas já receberam doses da vacina: Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Tocantins. (com agência Sputnik Brasil)