'Brasil teve que parar', diz Trump após conversa com Bolsonaro sobre coronavírus

Macaque in the trees
Trump recebe Bolsonaro na Casa Branca. Arquivo (Foto: Brendan Smialowski / AFP)

O presidente dos EUA, Donald Trump, declarou em entrevista coletiva nesta quarta-feira que o "Brasil teve que parar" em relação à crise provocada pela pandemia do coronavírus.

O presidente Jair Bolsonaro e o líder norte-americano conversaram por telefone mais cedo e discutiram medidas de cooperação para combater a disseminação da COVID-19.

"Os líderes reiteraram a importância de diminuir o avanço do vírus e proteger vidas através do compartilhamento de informações, maior preparação e ações conjuntas para o desenvolvimento de vacinas e tratamentos", informou a Casa Branca em nota divulgada após a entrevista, citada pelo O Globo.

Durante a coletiva de imprensa, ao mencionar a conversa que teve com o presidente Bolsonaro, Trump afirmou que o "Brasil teve que parar".

"Ele [Bolsonaro] é um grande cara, fazendo um trabalho maravilhoso pelo Brasil. Foi um telefonema de cortesia. Ele tem um problema com o vírus, nos falamos esta manhã. O Brasil está parando, ele teve que parar. O mundo está parando, alguns países estão se saindo bem. Espero que possamos sair dessa mais fortes do que nunca", disse o presidente dos EUA.

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, informou que Donald Trump se colocou à disposição para cooperar com o Brasil, incluindo em questões médicas e de logística.