Ônibus circulam com frota menor no Recife nesta sexta-feira

RECIFE, PE (FOLHAPRESS) - Os motoristas de ônibus que trafegam pela capital pernambucana aderiram parcialmente à greve geral contra a reforma da Previdência. Na manhã desta sexta-feira (14), o movimento de coletivos nos principais terminais era menor do que o habitual.

Alguns passageiros relataram uma demora maior para conseguir o transporte. "Percebo que está mais lento, mas achei que seria bem pior", disse o vendedor ambulante Matias dos Santos, 33 anos.

No terminal integrado da Macaxeira, o principal da cidade, o movimento de passageiros também foi menos intenso. Funcionários do local informaram que a chuva que caiu no Recife nas últimas horas contribuiu para a diminuição do fluxo de pessoas.

Grevistas realizaram protestos em frente a algumas garagens de ônibus. Desde as 4h, um pequeno grupo impediu que motoristas da empresa Itamaracá, em Abreu e Lima, na região metropolitana do Recife, circulassem. As linhas Centro e Sul do Metrô do Recife só vão funcionar em horários de pico. As estações estarão abertas das 5h às 9h e das 16h às 20h.