Assessor especial de Ricardo Vélez no MEC é demitido pela Casa Civil

A chefe de gabinete da pasta também aparece como baixa no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (4)

Mais uma baixa no Ministério da Educação que tem à frente o Ricardo Vélez. Nesta quinta-feira (4), foi publicado no Diário Oficial da União a exoneração do assessor especial de Vélez, Bruno Garschagen, um dos integrantes do ministério mais próximos do ministro e muito ligado ao ideólogo de direita Olavo de Carvalho.

Macaque in the trees
Bruno Garschagen (Foto: reprodução redes sociais)

A demissão foi assinada por Onyx Lorenzoni, chefe da Casa Civil. Ainda não se sabe quem irá substituí-lo. 

Outra demissão no DO

Outra informação que chama atenção no DO, é o desligamento da chefe de gabinete do MEC - o cargo muito próximo do ministro. Quem ocupava o posto era Josie de Jesus, ex-funcionária do Centro Paula Souza, em São Paulo.