Vélez chama brasileiro de canibal

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, em entrevista à revista Veja, fez um comentário pejorativo sobre o comportamento de brasileiros em viagem ao exterior. Ao defender a importância de implantar aulas de educação moral e cívica nas escolas, Vélez afirmou: “ É necessário lembrar que existem contextos sociais diferentes e que as leis dos outros devem ser respeitadas. O brasileiro viajando é um canibal. Rouba coisas dos hotéis, rouba o assento salva-vidas do avião; ele acha que sai de casa e pode carregar tudo”.

Na opinião de Vélez, colombiano naturalizado brasileiro, “esse é o tipo de coisa que tem de ser revertido na escola”. Esta semana, Veléz Rodrigues já havia provocado outra polêmicas. Na quarta-feira, o ministro divulgou nota acusando o jornalista Ancelmo Góis, de ‘O Globo’, de “ser treinado em marxismo e leninismo” pelo Partido Comunista da União Soviética. O ataque de cunho pessoal foi a reação a um registro do jornalista sobre vídeos censurados pelo Ministério da Educação.