Operações de busca são retomadas em Brumadinho

As operações de busca foram retomadas na tarde deste domingo (27) em Brumadinho, após a suspensão motivada pelo risco de novo rompimento de barragem, que já estaria controlado. "Retomamos para o risco um [em uma escala de um a três de risco de rompimento]. A barragem não oferece risco para as pessoas que moram lá e nem para os bombeiros", disse o tenente-coronel Flávio Godinho, da Defesa Civil de Minas Gerais, em entrevista aos jornalistas em Brumadinho.

"A situação voltou ao primeiro momento, de normalidade", destacou Godinho, que também informou a liberação da ponte e do deslocamento. "As pessoas podem voltar às suas casas, e as vias de acesso estão liberadas."

Macaque in the trees
Movimentação de helicópteros, bombeiros e equipes de resgate no posto montado em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores, em Brumadinho (Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO)

Até o momento, o rompimento da barragem de sexta-feira (25) deixou 37 mortes, 287 desaparecidos e 192 resgatados.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a água da barragem está sendo bombeada para reduzir o risco. No momento, conforme o Corpo de Bombeiros, a barragem tem um volume de água equivalente a 840 mil metros cúbicos.

De acordo com Godinho, se houver mudança no nível, a população será avisada.