Jornal do Brasil

País

Bolsonaro tem agenda de reuniões no CCBB e deve se encontrar com membros do PSD

Jornal do Brasil

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, chegou ao Centro Cultural Banco do Brasil, sede da equipe de transição, por volta das 9h desta terça-feira, 11, para cumprir agenda. O dia começa com encontro com bombeiros e policiais militares. Bolsonaro também se reúne com o governador eleito de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL).

Ele dará sequência, ainda nesta terça, aos encontros com as bancadas dos partidos políticos. No final da tarde, Bolsonaro e o ministro extraordinário de transição, Onyx Lorenzoni, que assumirá a Casa Civil, têm reunião com os integrantes do PSD. Na quarta-feira, 12, será a vez de se reunir com o DEM, PSL e PP, além do governador eleito do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB).

A expectativa maior é em torno da reunião com o PSL, que deve servir para acalmar os ânimos após divergências internas dentro do partido do presidente eleito. A sigla foi a que mais cresceu nas eleições deste ano e, considerando a formação atual, representará a segunda maior bancada da Câmara a partir da próxima legislatura, atrás apenas do PT, que possui 56 eleitos.

Na semana passada, o presidente eleito conversou com integrantes do MDB, PRB, PR e PSDB. Após os encontros, o PR anunciou que fará parte da base aliada do governo Bolsonaro.