Magno Malta não tem perfil de ministro

Após o senador Magno Malta (PR-ES) afirmar que deixará a política, o presidente eleito Jair Bolsonaro disse, ontem, que "as portas estão abertas" para o capixaba em seu futuro governo, mas não como ministro.

"Um soldado serve à pátria, assim como um general, um bom jornalista, um bom profissional. Sobre a questão de um possível ministério, não achamos adequado para ele (Malta) no momento. Agora, ele pode estar do meu lado, sim, nunca foram fechadas as portas. Ele pode servir à pátria estando ao meu lado em outra função", disse Bolsonaro.

O presidente eleito também afirmou que se ofertasse um ministério a todos os seus amigos "ficaria complicado". "O perfil dele não se enquadrou nessa questão, apenas isso. Continuo devedor, sou grato. As portas da transição estão abertas", reforçou.