Cratera aparece em escola do interior SP e alunos são transferidos

Alunos da Escola Municipal Maria Luiza Danieli Batistela, no bairro Jardim Nosso Teto, em Ibaté, interior de São Paulo, foram transferidos e terminarão o ano letivo, previsto para o próximo dia 14, em outro prédio. O motivo foi uma cratera que surgiu dentro do colégio, no meio da sala dos professores, no último domingo (2). 

Macaque in the trees
Cratera aparece em escola do interior SP (Foto: Prefeitura de Ibaté/Divulgação)

Técnicos estiveram no local. Mesmo não vendo risco de desabamento, a prefeitura optou por interditar a área porque a escola teria sido construída em cima de duas galerias pluviais. A partir desta quarta-feira, 5, os estudantes frequentam um prédio próximo onde funcionou um posto de saúde.

Analisando a obra, o engenheiro Daniel Luis Antonio Cardoso apontou um erro técnico ocorrido durante a construção no ano de 2004 e que gerou agora o desmoronamento na sala. Ele indicou como solução uma obra para alterar a passagem das galerias.

A Prefeitura de Ibaté, por sua vez, divulgou nota para "tranquilizar" todos e dizer que apesar de ter transferido as aulas de local, estudos apontam que não há "qualquer perigo para os alunos e funcionários públicos". O motivo para a interdição é a necessidade de se utilizar máquinas pesadas no pátio da escola, o que atrapalharia as aulas.