Jornal do Brasil

País

Viviane Senna é sondada para a Educação

Jornal do Brasil

Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna, é um dos nomes cotados para assumir o Ministério da Educação. De acordo com reportagem da “Folha de S.Paulo”, a irmã do tricampeão da Fórmula 1 encontrou-se com a equipe de Jair Bolsonaro, na manhã de ontem, em Brasília. E houve tentativa de manter sigilo.
O presidente eleito Jair Bolsonaro, em entrevista, confirmou as conversas com a irmã de Ayrton, que tem se destacado em debates sobre a educação de qualidade. Mas negou a existência do convite. Segundo ele, Viviane também poderia sugerir nomes para o cargo.


A assessoria do órgão presidido por ela divulgou a seguinte nota: “O Instituto Ayrton Senna foi convidado pela equipe do governo eleito para apresentar um diagnóstico e caminhos de melhoria da educação brasileira”. Na campanha, Viviane visitou Bolsonaro em sua casa, no Rio.
Participaram da reunião Mozart Neves Ramos, diretor do Instituto, a deputada federal eleita Joice Hasselmann (PSL-SP), responsável por ter apresentado Viviane a Bolsonaro, e integrantes do Movimento Todos pela Educação. O nome de Viviane é considerado ideal por assessores de Bolsonaro.