Casais brigam na Justiça pela guarda de animais de estimação

Proposta prevê compartilhamento dos cuidados com cães e gatos. preferência é para quem demonstrar mais capacidade jane rocha o casamento de inara viera acabou após sete anos de união estável. a divisão dos bens foi feita de forma amigável, mas a questão mais preocupante foi a guarda do cão do casal, aram, um golden retriever de 7 anos. a publicitária conta que ambos são apegados ao cachorro e, juntos, decidiram compartilhar a guarda do bicho de estimação.

– atualmente, o cachorro mora comigo, mas meu ex-marido busca o pega sempre que deseja vê-lo. nós dois amamos o aram, não abrimos mão da presença dele em nossas vidas e, por isso, decidimos compartilhá-lo – explicou.

O caso de inara foi resolvido com o diálogo, mas nem sempre é assim.

A empresária willyane pessoa precisou mover um processo contra o ex marido para conseguir a guarda do cachorro de estimação, um poodle de 3 anos. dona de um pet shop, ela não aconselha recém-casados ou casais de namorados a comprarem juntos um animal.

Para tentar resolver dilemas como esses, tramita na câmara proposta que pretende regulamentar a guarda de animais de estimação.

Continua na página seguinte.