Por que voto em Serra

--> Divulgação-->Indio da Costa-->CANDIDA TO A VICE-PRESIDENTE PELO DEM-->Eu v oto e peço v otos par a J osé Serr a por que acr edito que honestidade, con vicção demo- crática e competência sejam pr edicados in- dispensáv eis par a um pr esidente da República. T ambém v oto em Serr a por que acr edito que ele seja o único candidato que tenha um v er dadeir o pr ojeto de desen v olvi - mento par a o Br asil. Quan - do f alo em desen v olvimen - to , estou me r eferindo a cr escimento econômico e social, com r espeito ao meio ambiente e apoiado em sólidas políticas de v a - lorização das pessoas que constr oem este país. Em - pr ego , saúde e educação caminharão juntos neste pr ocesso par a um Br asil que pode mais. J osé Serr a é, de longe, o candidato mais e xperiente entr e todos, tendo passado por di v er sos car gos públicos do Legislati v o e do Execu- ti v o . Sua passagem pelo Mi- nistério da Saúde r e v olucio- nou a f orma de gerir os r e - cur sos desta pasta em todo o m undo e, portanto , não há sombr a de dúvida sobr e co- mo o atendimento médico e hospitalar v ai melhor ar , assim como as ações de pr e v enção de doenças, especialmente no que se r efer e à saúde da m ulher . Na Educação , Serr a v ai pr epar ar os nossos jo v ens par a este Br asil que v ai cr escer m uito mais, criando escolas técnicas capaz es de qualificar a gar otada par a as ati vidades pr ofissionais mais antenadas com as di v er sas r egiões deste país tão di v er so e com tantas v ocações. Serr a v ai in v estir pesado nas obr as de infr aes - trutur a, melhor ando e duplicando as estr adas, par a possibilitar um rápido e eficiente escoa - mento da pr odução ag rí - cola e industrial par a os portos. Isso implicará na r edução do Custo Br asil, o a bsur do que f az com que seja mais car o le v ar soja do Mato Gr osso a Santa Ca - tarina do que de um porto br asileir o até a China, co - mo ocorr e hoje. No go v er - no Serr a, ter emos uma po - lítica industrial, de f orma a incenti v ar a pr odução na - cional, ger ando empr egos em nosso país. T e r ei m uito or gulho de es- tar ao lado de Serr a na Pr e- sidência, par a que todos nós, br asileir os, possamos vi v er n um país democrático , onde a liber dade d e e xpr e s- são seja ampla, total e ir- r estrita. Onde as manifes- tações de opiniões di v er sas e de cultur as difer entes se- jam entendidas como i m- pr escindív eis par a a construção de uma sociedade ética, que v aloriza a honestidade e que r espeita as diferenças.