Pelé marca seu último gol

-->Hoje na história CPDoc JB-->w w w. j b l o g . c o m . b r / h o j e n a h i s t o r i a . p h p-->Leia mais e opine no -->JBlog-->w w w. j b l o g . c o m . b r / h o j e n a h i s t o r i a . p h p-->1º DE OUTUBRO DE 1977-->Os que acompanhar am a car- r eir a de P elé, dos primeir os pas- sos em Bauru aos g r andes feitos de deus do fute bol, podiam ima- ginar tudo , menos o que acon- teceu em sua última partida co- mo jo gador pr ofissional. O gol de despedida do Rei aos campos f oi contr a o Santos, time que o de- fendeu, pr ojetou e eng r andeceu dur ante 18 anos de sua vida. No Giants Stadium, em No v a Y or k, f oi tr a v ada a memoráv el partida entr e Cosmos e P eixe. Du- r ante os primeir os 43 min utos de jo go , P elé v estiu a camisa do time americano , sua segunda e última equipe, f az endo um gol de f alta, contr a o g rupo do cor ação . No segundo tempo , Edson Ar antes do Nascimento tr ocou o unif orme e atuou na equipe ad v e r sária, pa- r a fec har com c ha v e de our o , ou melhor , alvineg r a, uma carr eir a de 1.281 gols, a qual o consag r ou como o maior atleta do século 20. Quando saiu de campo , o R ei es- ta v a em lág rimas. Emocionado , acenou par a a tor cida e ag r ade- ceu o carinho . Nos quatr o cantos do m undo , P elé sacudiu as r edes. A história de sua carr eir a se confundia com a própria história do fute bol. Mar- cou gols de todas as f ormas, fáceis e difíceis, possív eis e impossív eis, simples e r equintados, na classe ou no g rito . Depois da despedida oficial dos g r amados, P elé se pr opôs f a - z e r gols apenas em partidas be- neficentes. Mas antes, em 1973, ele já tinha jo gado , no Mar acanã, em homenagem a Garrinc ha.-->O ÚL TIMO -->– Contra o Santos, Pelé fez seu 1.281º gol como pr ofissional-->Amanhã: -->Em 1992 -- Collor sai e Itamar assume a Presidência-->Acer vo CPDoc JB