As 'verdades' do Brasil e o Brasil de verdade

Os números da economia brasileira certamente já viveram momentos melhores num passado recente. Mas se olharmos o retrovisor de forma mais profunda, avançando em décadas passadas, veremos crises muito mais graves e dramáticas, com consequências igualmente muito mais pesadas para o povo.

Contudo, as tintas com que são pintadas a crise do momento teimam em afirmar que o Brasil atual é o pior da história. A torcida do "quanto pior, melhor" ganha força desproporcional, sem medir as consequências institucionais para o país. Armar um cenário de um país que mergulha num abismo é a ordem suprema, não importa que desdobramentos isso possa ter para o povo.

Certamente o momento econômico é difícil, mas se torna muito mais dramático por força de uma crise política, na qual os incendiários estão mais preocupados em faturar com a perigosa turbulência do que ajudar o Brasil. 

As "verdades" sobre o Brasil são bem diferentes do Brasil de verdade. O caminho para que a economia se reequilibre é concreto e claro, e já demos os primeiros passos neste sentido. Se os interesses coletivos predominarem sobre os individuais, não será difícil trilhá-lo com segurança e sucesso.