Sem vencedores ou vencidos

O resultado que se espera hoje do que é apreciado no Supremo, a respeito dos poderes do Conselho Nacional de Justiça, é que os preceitos legais sejam respeitados.

No entanto, havendo inércia ou dissídia por parte da corregedoria responsável pelas apurações nos respectivos tribunais, o CNJ deve agir imediatamente.

Seja qual for o resultado do julgamento, espera-se uma decisão na qual não haverá vencedores ou vencidos.