Abin diz que ameaças a Rio 2016 são "exaustivamente investigadas"

Após o governo francês negar que um brasileiro teria participado de um plano para atacar a delegação francesa durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) divulgou nota em que afirma que todas as ameaças ao evento são "exaustivamente investigadas".

De acordo com o comunicado, as ameaças de ataques terroristas são analisadas pelos órgãos de inteligência, segurança pública e defesa devido à "sensibilidade do tema". Os casos de ameaças que não são descartados, segundo a Abin, são investigados detalhadamente.

O governo voltou a dizer que tem compromisso com a "garantia integral da segurança" de todos os brasileiros, turistas e atletas estrangeiros durante as competições.

"Todas as ameaças relacionadas aos Jogos Rio 2016 estão sendo minuciosamente apuradas, em particular as relacionadas ao terrorismo. Muitas são descartadas e as que merecem atenção são exaustivamente investigadas", informou a Abin.

Nesta terça-feira (19), a França informou ao Brasil que não havia brasileiro entre os membros do grupo extremista Estado Islâmico que estariam planejando um atentado durante os jogos.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais