Golfista nº 2 do mundo desiste da Rio-2016 por medo da zika

O golfista Dustin Johnson apresentou formalmente, na sexta-feira, a sua saída do time nacional dos Estados Unidos que disputará os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro alegando temer o vírus da zika.

A desistência do atual campeão do US Open, é a terceira entre os quatro melhores golfistas do mundo por conta da zika, justamente na edição em que a modalidade volta a ser olímpica após 112 anos de ausência.

Jordan Spieth (terceiro no ranking) é até agora o único entre os melhores do mundo que ainda não declarou se disputará ou não os Jogos do Rio que terão início no próximo mês.

O anúncio poderá acontecer neste final de semana, após o término do "Open Championship", enquanto Rickie Fowler, na sexta posição no ranking, também está indeciso.

Johnson, de 32 anos, número dois do mundo, se transformou no 13º golfista a se recusar vir ao Brasil.

Entre os que também desistiram por conta da zika estão o número um do mundo, o australiano Jason Day, e o quarto, o norte-irlandês Rory Mcllroy.

O golfe volta a ser olímpico pela primeira vez desde a edição de Saint Louis (EUA), em 1904.