Público pode conhecer barcos olímpicos em maior salão náutico da América Latina

Pela primeira vez, a Confederação Brasileira de Vela (CBVela) vai apresentar barcos que serão usados nos Jogos Olímpicos no Rio Boat Show, considerado maior salão náutico outdoor da América Latina.

No estande da confederação montado dentro do evento, na Marina da Glória, serão exibidos seis classes de barcos, sendo quatro que integram o programa olímpico, como a classe Laser, em que o atleta Robert Scheidt foi 11 vezes campeão mundial de vela. Scheidt já conquistou cinco medalhas em Jogos Olímpicos: ouro em Atlanta, em 1996; prata em Sydney, em 2000; ouro em Atenas, em 2004; prata em Pequim, em 2008; e bronze em Londres, em 2012. Em 2016, ele vai disputar sua sexta Olimpíada.

“A população vai poder ver, tocar e mexer nos barcos da equipe olímpica, com direito à vela que o Robert Scheidt usou”, disse o presidente da CBVela, Marco Aurélio de Sá Ribeiro. “A ideia do estande é aproximar a população da vela”, destacou.  “As pessoas vão poder ver os barcos onde você inicia a vela. O pai vai poder trazer o filho para ver os barcos que as crianças usam para começar a velejar”.

Cerca de 40 mil visitantes são esperados no salão náutico, que se estenderá até o próximo dia 17. Ao todo, são 120 marcas expositoras de embarcações, como barcos de passeio.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais