Mercado Agora - Bolsas na Europa fecham em alta

As principais bolsas europeias fecharam o primeiro pregão do mês no campo positivo, a bolsa da Alemanha subiu 1,1%, Madri +1,69%, Paris +1,28% e Londres -0,03%.

Na agenda econômica da zona do euro, destaque para o PMI da manufatura referente ao mês de setembro que permaneceu estável com  51, 1 pontos, mesma pontuação do mês anterior e em linha com a expectativa dos economistas. Ainda na zona do euro, a taxa de desemprego de agosto teve uma leve queda na comparação com o mês anterior, caindo de 12,1% para 12%.

Nos Estados Unidos, na falta de um acordo entre os democratas e republicanos, o governo americano inicia hoje uma paralisação parcial de suas atividades, que acontece pela primeira vez desde 1996. A interrupção parcial já havia sido antecipada, em grande parte, pelos mercados financeiros nos últimos dias.

O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) dos EUA, medido pela Markit, caiu para 52,8 na leitura final de setembro, menor nível desde junho. As estimativas do mercado esperavam uma estabilidade em relação a agosto, quando o índice atingiu 53,1 pontos.

No Brasil, o Ibovespa opera em alta, próximo aos 52.870 pontos. Destaque para as ações da OGX que sobem 9,5% após a forte queda de 25% ontem e para as ações da TIM que sobem 3,4%.

Na agenda econômica nacional, destaque para o IPC-S final de setembro que fechou em alta de 0,30%, acima da leitura anterior que previa 0,27%. Também foi divulgado o PMI de manufatura de setembro, que atingiu 49,9 pontos ante 49,4 em agosto.

Ainda hoje, às 15 horas, teremos o resultado da balança comercial mensal referente ao mês de setembro.