Rio 2016 terá ausência de atletas ícones das últimas Olimpíadas 

A Olimpíada do Rio de Janeiro, que será realizados em 2016, não contará com atletas que costumam ser destaque dos Jogos, como Michael Phelps, da natação, e Kobe Bryant, do basquete. As informações são da agência Ansa.

Phelps sai no auge, após se tornar o atleta que mais vezes subiu ao pódio na história das Olimpíadas, depois de conquistar 22 medalhas, das quais 18 de ouro. "Consegui tudo o que eu queria e posso me aposentar", afirmou o nadador.

O Rio também não poderá contar com a presença do cazaque Alexander Vinokourov, que aos 38 anos venceu a prova de ciclismo de estrada. Já no ciclismo de pista, quem não comparecerá ao Brasil será Chris Hoy, o atleta britânico mais vitorioso, com seis medalhas de ouro em sua carreira olimpíca.

No tênis, a ausência mais sentida será do suíço Roger Federer, que teve em Londres a última oportunidade de completar sua carreira com uma medalha olímpica, que não conseguiu.

Kobe Bryant, da equipe americana de basquete, que já realizou o sonho de ganhar dois ouros nos Jogos, como Michael Jordan, também não deve estar em 2016, quando terá 38 anos.

Entre os atletas italianos, quem não estará no Rio será a canoísta Josefa Idem, que aos 48 anos se despediu do esporte. Ela conquistou o quinto lugar em Londres, onde participou pela oitava vez de uma Olimpíada, um recorde entre os esportistas do país.