Itália surpreende, atropela EUA e pega Brasil nas semifinais 

A seleção italiana de vôlei surpreendeu, nesta quarta-feira, e venceu os Estados Unidos por 3 sets a 0, no Earls Court, pelas quartas de final dos Jogos Olímpicos de Londres, e será a próxima adversária do Brasil, nas semifinais.

Classificada com a última vaga do Grupo A, na quarta colocação, com três vitórias e duas derrotas, a Itália cresceu no mata-mata e pareceu não tomar conhecimento dos EUA, atuais campeões olímpicos e líderes do Grupo B com apenas uma derrota na primeira fase.

Na primeira parcial, os Estados Unidos até jogaram bem, contaram com um set point a favor, mas não confirmaram o ponto, perdendo por 26/28.

A partir do segundo set, a Itália soube impor o jogo, apostando na potência dos saques de Travica e Savani, que fizeram quatro aces cada um, e venceu com relativa tranquilidade, fechando as duas parciais por 25/20.

Agora, com a classificação, Brasil e Itália se enfrentam na próxima sexta-feira por uma vaga na decisão do vôlei na Olimpíada de Londres em uma reedição da final de Atenas 2004, quando a Seleção Brasileira conquistou sua segunda medalha de ouro.