Adriana Araújo dá bronze inédito ao Brasil no boxe peso leve

Foi a 100ª medalha da história do esporte nacional em Jogos Olímpicos

A brasileira Adriana Araújo confirmou nesta quarta-feira a "cor" da segunda medalha da história do boxe em Jogos Olímpicos. 

A atleta, aluna de Luiz Dórea (ex-treinador de Popó e atual de Junior "Cigano", campeão peso pesado do UFC), acabou derrotada pela russa Sofya Ochigava, vice-campeã mundial neste ano, por 17 a 11, e ficou com o bronze na categoria peso leve (até 60 kg), destinada aos derrotados nas semifinais do torneio da modalidade. 

A premiação é a 100ª da história do esporte nacional nos Jogos.