Para Popov, Phelps terá facilidade para lidar com aposentadoria

O ex-nadador russo Alexander Popov deu conselhos, nesta terça-feira, ao americano Michael Phelps, que se juntou ao time de ex-atletas olímpicos ao encerrar sua participação na Olimpíada de 2012. Para o russo, bicampeão olímpico dos 50 m e dos 100 m livres (1992 e 1996), Phelps deve ter facilidade para desligar das competições.

"O mais desafiador para mim foi mudar a rotina. Michael não deve ter esse problema, ele já está decidido", disse Popov, aposentado das piscinas desde 2004, lembrando seu fim de carreira. "Tirei um ano para descanso, não fiz nada. Tentei esquecer minha carreira de nadador", recordou.

Com nove medalhas olímpicas na carreira, Alexander Popov evitou apontar Michael Phelps como o maior nadador da história da competição. "Não devemos colocar a carruagem à frente dos cavalos", brincou, de bom humor. "Agora, é com ele. Não estamos em posição de falar nada. Estamos aqui para aproveitar".

Integrante do Comitê Olímpio Internacional (COI) desde 1999, Popov acompanha a Olimpíada de 2012 desde o primeiro dia, e fez uma avaliação positiva das competições.

"Do que aconteceu desde o primeiro dia até aqui, tem sido ótimo. Para nós, do COI, os jogos estão ótimos. Podemos estar na fila, no trânsito, mas estamos vendo esses caras", disse, apontando para o nadador sul-africano Chad le Clos, presente ao mesmo evento.