Judoca holandesa diz que bateu em 'bêbado' que jogou garrafa na pista 

Além de ter sido preso por atirar uma garrafa na pista de atletismo no Estádio Olímpico, segundos antes da final dos 100 m rasos, o protagonista do caso ainda levou um tapa da judoca holandesa Edith Bosch. Pelo menos foi isso o que disse a própria atleta à rede holandesa NOS TV.


Em entrevista à emissora, Edith afirmou que estava ao lado do infrator nas arquibancadas do Estádio Olímpico, neste domingo. Ela disse que atingiu as costas do homem com um tapa logo após ele ter atirado uma garrafa de plástico na pista - nesse momento, a final dos 100 m estava para começar, com os corredores já posicionados.

A judoca disse estar muito triste, porque o episódio fez com que ela não pudesse assistir à prova, vencida pelo jamaicano Usain Bolt.

Bosch, 32 anos, foi campeã mundial da categoria até 70 kg do judô na Cidade do Cairo, em 2005, e vice em Paris, em 2007. Na Olimpíada de Londres, ela conquistou a medalha de bronze. No Twitter, a holandesa já havia comentado sobre o assunto. "Um espectador bêbado jogou um garrafa na pista! Eu bati nele... inacreditável".

Devido ao caso, o espectador foi preso no leste de Londres sob suspeita de ter causado perturbação da ordem pública.

Ganhador da medalha de ouro, Bolt afirmou aos repórteres que o incidente não o atrapalhou. Já o americano Justin Glatin, que ficou com o bronze no evento, disse que a garrafa na pista lhe causou "um pouco de distração".