Isinbayeva cogita competir em 2016 e minimiza: bronze é como ouro

Apesar de ter ficado na terceira colocação do salto com vara nos Jogos Olímpicos de Londres e desperdiçar a chance do terceiro título, nesta segunda-feira, a russa Yelena Isinbayeva se mostrou bastante contente com a medalha de bronze. Segundo a atleta, o desempenho na Olimpíada 2012 faz com que ela repense seus objetivos na carreira e cogite ir ao Rio 2016.

"Qualquer medalha tem um grande valor. Hoje (segunda-feira), para mim, a medalha de bronze é como uma de ouro", comentou a atleta no Estádio Olímpico de Londres. "Por todo o sacrifício que temos de fazer pelo esporte, somos todos vencedores."

Isinbayeva comentou que gostaria de encerrar sua participação em Olimpíadas com a medalha de ouro em Londres. Após o terceiro lugar, a russa já pensa em participar dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016.

"É difícil dizer agora se vou competir no Rio. Eu estava pensando em parar em Londres, se conquistasse uma medalha de ouro", disse. "Mas o resultado faz com que eu queira muito ir para o Rio para tentar fechar um ciclo olímpico com a medalha de ouro", completou.

Isinbayeva não conseguiu superar os 7,75 m alcançados pela americana Jennifer Suhr, medalhista de ouro, e pela cubana Yarisley Silva, prata. Segundo a bicampeã olímpica, as derrotas fazem parte da carreira de qualquer esportista. "Eu sou um ser humano, e não uma maquina. Não posso ser perfeita e vencer sempre", avaliou. Feliz, a russa fez questão de exaltar o terceiro lugar na principal competição esportiva do mundo. "Eu não perdi a medalha de ouro, eu ganhei a medalha de bronze."