Fora por 0,060 ponto, dupla segura choro e é tietada por público

A dor da eliminação e do sonho de chegar a uma final olímpica na prova de duetos do nado sincronizado foi rapidamente esquecida pela dupla Lara Teixeira e Nayara Figueira. Fora da decisão por apenas 0.060 ponto e ultrapassadas nas últimas apresentações pelas coreanas Hyunha Park e Hyunsun Park, as brasileiras foram consoladas por familiares de Lara e alguns amigos que compareceram ao Centro Aquático e levantaram o astral das atletas. Com os olhos cheios d'água, mas segurando o choro, durante entrevista após a eliminação, Lara e Nayara exaltaram o apoio das pessoas próximas.

"Acho que eles seguiram todo nosso caminho até aqui, nesse momento é um momento difícil, eles estavam do nosso lado. Então não poderia ter sido melhor", afirmou Nayara. "Eles nos incentivaram dizendo: 'nossa, vocês são grandes vencedoras para gente, vocês não podem ficar tristes por tudo que vocês passaram'. Passa um filminho por tudo que você passou até chegar aqui, mas é muito bom ter o carinho deles, dizendo que a gente não pode ficar tristes. Porque é isso aí, a gente não pode ficar triste, tem que ficar muito orgulhosas do que a gente fez", completou Lara.

Para agradecer a presença dos familiares, a dupla saiu apenas de maiô para o lado de fora do Centro Aquático na fria tarde em Londres para tirar fotos com quem veio apoiá-las. Ao chegarem próximo aos aros olímpicos que ficam do lado de fora da arena, as brasileiras acabaram sendo tietadas pelo público que passava e causaram um pequeno problema para os voluntários que tentavam tirar o público, já que tinham que arrumar o local para as provas de saltos ornamentais no período da noite.

Após darem atenção a familiares e públicos, as duas comentaram a eliminação e a angústia em ter de esperar a apresentação das coreanas, que acabaram ficando com o 12º lugar e consequentemente com a última vaga à final. "O coração estava na boca, mas era só esperar, a gente fez nossa parte. A gente deu nosso melhor, infelizmente era só esperar mesmo. Ficamos tristes, mas orgulhosas de que todo o processo até aqui foi maravilhoso. Teve coisas boas e coisas ruins, mas aprendemos com todas. Estamos muito felizes de ter feito nosso melhor", disse Nayara.

A dupla brasileira agora pensa em relaxar depois dos dias estressantes que viveu antes de iniciar a participação nos Jogos Olímpicos de Londres. "Agora férias merecidas, e ano que vem estamos aí de novo, vamos focar mais quatro anos para 2016", completou Nayara.